LogTECHNE1
Bem-Vindo Empresa Áreas de
Atuação Sistema da
Qualidade Portfólio Contato Notícias
Webmail

Outros Idiomas:

Portugues Ingles Espanhol Frances
Recursos Hídricos
Gerenciamento e 
Supervisão de Obras
Meio Ambiente e 
Reassentamento
Sistemas Adutores
Irrigação e Drenagem
Abastecimento e 
Saneamento
Barragens
Viabilidade 
Técnico-Econômica
Gestão de 
Recursos Hídricos

Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos

A TECHNE desenvolveu para a SECTMA/AESA/PB (Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente/Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba) os seguintes trabalhos:

  • Plano de Administração, Operação e Manutenção (PAOM) dos Sistemas Adutores do Cariri e do Congo;
  • Revisão, Ampliação e Consolidação do Sistema de Informações em Recursos Hídricos do Estado da Paraíba; e
  • Plano Estadual de Macromedição de Água Bruta.

Para a SECTMA/PE (Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Pernambuco) desenvolveu o Estudo de Diagnóstico dos Recursos Hídricos da Bacia GL-2, Consolidação de Estudos Existentes, Elaboração do Plano de Aproveitamento dos Recursos Hídricos da Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata e Agreste Pernambucano e o Modelo de Gerenciamento Integrado de Recursos Hídricos.

A TECHNE desenvolveu para a CODEVASF (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba) o Planejamento e Gestão dos Recursos Hídricos Superficiais da Bacia do Rio Brígida, em Pernambuco, onde foram estudadas a disponibilidade e a demanda hídrica para diversos usos dos municípios da bacia e delineado um plano para ações futuras na bacia englobando:

  • Outorga do uso da água;
  • Plano de monitoramento agrometeorológico, hidrometeorológico e ambiental; e
  • Plano de gestão dos recursos hídricos da bacia.

Para a CAERN (Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte), foi feita a “Análise Operacional das Adutoras Monsenhor Expedito (Trairi) e Jerônimo Rosado (Mossoró)” com a finalidade de avaliar a atual gestão e operação desses complexos sistemas adutores e sugerir melhorias e ampliação.

Foram desenvolvidos para a FUNCATE (Fundação de Ciências, Aplicações e Tecnologia Espaciais) a adequação dos Estudos de Inserção Regional do Projeto de Transposição do Rio São Francisco para o Nordeste Setentrional, com os seguintes objetivos:

  • Identificar e quantificar as demandas hídricas atuais e futuras nas bacias receptoras;
  • Quantificar detalhadamente os recursos hídricos locais, e, inclusive, analisar o comportamento dos açudes de regularização de vazões das bacias receptoras;
  • Avaliar o impacto das águas transpostas sobre as disponibilidades hídricas locais dessas bacias;
  • Avaliar o impacto sobre a geração de hidroenergia na cascata do rio São Francisco e elencar alternativas de reposição das perdas;
  • Identificar e avaliar problemas específicos inerentes à transposição das águas, em especial os geomorfológicos e as perdas d’água no trajeto;
  • Formular cenários de aproveitamento dos recursos hídricos e definir alternativas de vazões a transpor;
  • Avaliar os benefícios econômicos associados às alternativas de vazões;
  • Formular as opções de modelos de gestão institucional para o Projeto.

O referido estudo abrangeu uma área superior a 250.000 km², englobando as seguintes bacias hidrográficas:

  • Rio Jaguaribe e Bacias Metropolitanas, no Ceará;
  • Rio Apodi e Piranhas/Açu, no Rio Grande do Norte;
  • Rio Paraíba e Piranhas, na Paraíba;
  • Rio Brígida, Moxotó, Goiana, Capibaribe, Ipojuca, Sirinhaém, Una, Mundaú e Ipanema, em Pernambuco.

Também desenvolvidos para a FUNCATE, cabem destaques:

  • Plano de Revitalização Hidroambiental da Bacia do Rio São Francisco, composto de:
    • Diagnóstico Socioambiental da Bacia;
    • Levantamento das Políticas Públicas em andamento para melhoria hidroambiental da bacia; e
    • Identificação de Ações para Revitalização Hidroambiental definindo prioridades e custos.
  • Plano de Revitalização do Baixo São Francisco, um conjunto de ações a serem desenvolvidas por diferentes agentes, cabendo destaque para as seguintes ações:
    • Estudos de contenção de erosão das margens nas várzeas;
    • Promoção da sustentabilidade econômica e gestão das várzeas;
    • Saneamento e usos racional das lagoas marginais;
    • Gestão e sustentabilidade ambiental da pesca fluvial e através de tanques-redes;
    • Saneamento básico dos núcleos urbanos das margens do rio;
    • Fomento de atividade turística;
    • Zoneamento econômico-ecológico;
    • Irrigação e piscicultura;
    • Programa de desenvolvimento setorial (educação, saúde e infraestrutura);
    • Estudo da ocupação do solo, estrutura fundiária e potencialidades produtivas.

    Ainda para a FUNCATE, foram desenvolvidos os Estudos do Sistema Operacional, Institucional e Tarifário para a Gestão do Projeto de Transposição do Rio São Francisco para o Nordeste Setentrional.

    O Estudo Tarifário abrangeu os critérios de rateio dos custos entre os estados envolvidos, o desenvolvimento da SARC-PTSF - Sistema de Apoio ao Rateio de Custo do Projeto de Transposição, análise de sensibilidade da variação do valor da tarifa de energia ao longo da vida.

  • Água Subterrânea, a TECHNE é detentora de um amplo acervo de água subterrânea abrangendo grandes áreas da bacia do rio Tocantins, da bacia do rio São Francisco, do Nordeste Setentrional e amplo território amazônico, incluindo áreas da Amazônia venezuelana, desenvolvidos sobretudo para a Agência Nacional de Águas - ANA.
Rua Ernesto de Paula Santos, nº 1.368 / Sala 904 - Boa Viagem - Recife / PE - Brasil - CEP: 51.021-330
Fone: +55 (81) 3465-4144 - E-mail: techne@techne.net.br